Blog

ALMA GAÚCHA

setembro 15th, 2010

                      O dia 20 de setembro se aproxima e com ela se acende no povo gaúcho o sentimento de amor a sua Terra, de respeito a suas tradições e de um reconhecimento da sua história e por todos que a construíram.
                      Comemora-se a Revolução Farroupilha, que se iniciou em 20 de setembro de 1835 e se prolongou por 10 anos. Entre os principais motivos do levante contra o império estava a penalização dos produtos agropecuários, especialmente o charque, com altos impostos sobre o sal e, também, a expropriação e desvio dos recursos acumulados no Estado, até mesmo para pagar dívidas federais junto à Inglaterra.
                      O Rio Grande do Sul se modifica na semana de 13 a 20 de setembro, se veste de cultura e surgem por todos os lados os gaúchos e as prendas, nos desfiles ou nos fandangos; pelos pampas, na boléia dos caminhões ou montados em seus cavalos.
                      A chama crioula, que simboliza o espírito do culto à Pátria ou a chama da alma gaúcha se acende por todo o Rio Grande do Sul e em especial no Parque Harmonia em Porto Alegre, onde mais de 300 piquetes são montados para cultuar a tradição gaúcha através das roupas, da dança, do churrasco e do chimarrão.
                     Queremos aqui prestar a nossa homenagem a todos GAÚCHOS!!

PADROEIRO DOS MOTORISTAS – SÃO CRISTOVÃO

setembro 7th, 2010

           São Cristóvão é um dos santos mais populares do mundo, mas muito pouco se sabe sobre a sua vida.  Sendo reverenciado especialmente por atletas, marinheiros , barqueiros e viajantes.

            O dia 25 de julho é reservado para celebrar São Cristovão, padroeiro dos “profissionais do volante”, caminhoneiros e taxista. Também se comemora o Dia dos Motoristas no Brasil, instituído pela Lei 5.032, de 17 de junho de 1966 e pelo Decreto nº 63.461 de 21 de outubro de 1968.

            Conta a lenda que um rei pagão, através das preces de sua esposa à Virgem Maria, teve um filho a quem batizou de Reprobus (Offerus). Adquirindo tamanho e força extraordinárias com o tempo e com mania de grandeza, Reprobus resolveu servir apenas aos mais fortes e bravos. Acreditava que o rei a quem ele servia era o maior do mundo. Veio, a saber, então, que o maior rei do mundo era Satanás. Colocou-se a serviço deste. Informando-se melhor, descobriu que o maior rei do mundo era Nosso Senhor. Um ermitão mostrou-lhe que a bondade era a coisa mais agradável ao Senhor. Reprobus resolveu trocar a sua mania de grandeza pelo serviço aos semelhantes. Valendo-se da imensa força de que era dotado aceitou a tarefa de ajudar as pessoas a atravessar um rio perigoso. Uma noite, entretanto, um menino pediu-lhe que o transportasse à outra margem do rio e à medida que fazia a travessia, a criança ficava cada vez mais pesada. Diante de seu espanto, o menino lhe disse: “Carregou em suas costas mais que o Mundo inteiro, transportou o Criador de todas as coisas. Sou Jesus, aquele a quem serves”. Em seguida, a criança ordenou a Reprobus que fixasse seu bastão na terra. Na manhã seguinte, apareceu no mesmo local uma exuberante palmeira. Este milagre converteu muitos, despertando a fúria do rei da região. Reprobus foi preso e, depois de um martírio cruel, decapitado. Esta lenda se difundiu e Reprobus passou a ser conhecido como São Cristovão que significa “aquele que carrega Cristo no coração”.

Oração a São Cristovão:

 “Dai-me Senhor, firmeza e vigilância no volante, para que eu chegue ao meu destino sem acidentes. Protegei os que viajam comigo. Ajudai-me a respeitar a todos e a dirigir com prudência. E que eu descubra vossa presença na natureza e em tudo o que me rodeia. Amém”.